Como um bom estudo de viabilidade econômico-financeira pode criar valor para o seu projeto?

O papel de um estudo de viabilidade econômica consiste em avaliar diversas variáveis de um projeto, seja uma empresa, um investimento, uma iniciativa em um novo mercado a ser explorado ou um novo negócio a ser desenvolvido, e avaliar o conjunto de investimentos necessários, bem como o retorno que tal projeto poderá oferecer. 

O que é estudo de viabilidade econômica

Um estudo de viabilidade econômica é uma projeção, que simula possíveis cenários para testar, comprovando ou não, a viabilidade econômico-financeira de um negócio. Trata-se de uma simulação das possibilidades, considerando premissas e variáveis conhecidas ou estimadas. 

A ferramenta é de interesse de diversos agentes, incluindo a gestão do projeto em questão, acionistas, investidores, financiadores, parceiros comerciais dentre tantos outros. A finalidade de um estudo de viabilidade econômica é comprovar que tal negócio é viável, além de fornecer aos interessados possíveis cenários para que riscos possam ser previamente mitigados no curso da operação do projeto. 

Estudo de viabilidade econômica: Benefícios

Ao preparar um estudo de viabilidade econômica que determine variáveis relevantes, poderão ser simulados diversos cenários alternativos, o que em tempos de mudanças na dinâmica da economia se torna ainda mais essencial. 

Além disso, um estudo de viabilidade econômica consistente, deverá servir como guia para a gestão do projeto, definindo o montante de investimento necessário para que se possam tomar decisões inerentes à execução de tal projeto, bem como avaliar os retornos esperados da iniciativa. Ainda, o estudo de viabilidade irá permitir que se projete os resultados da iniciativa ao longo de um determinado horizonte de tempo. O fator temporal é fundamental para que, além de alinhar expectativas de retorno, possa haver planejamento e previsibilidade em relação às necessidades de investimentos e à disponibilidade de retornos oferecidos pelo projeto.  

Um bom estudo de viabilidade econômico-financeira dará clareza a potenciais financiadores e investidores quanto às reais expectativas do projeto, assegurando credibilidade na concessão de créditos e ampliando interesses em participação na iniciativa. 

Investidores e financiadores tendem a precificar os custos inerentes a um financiamento em relação ao risco e às incertezas que tal projeto pressupõe. Desta forma, pode se considerar que quanto mais acurado, detalhado, preciso e bem embasado for um projeto, mais baratos serão seus custos de financiamento, sejam eles via dívida ou via participação, e maior será a sua atratividade ao mercado.

Além disso, um bom estudo de viabilidade econômica poderá provocar os desenvolvedores do projeto a explorarem premissas, o que pode vir a comprovar teses, mas também definir prematuramente por outras estratégias que não aquelas inicialmente planejadas. Ainda, o exercício de elaboração de um estudo de viabilidade econômica irá testar as consistências de base de um projeto. Neste estudo serão avaliadas as coerências em relação ao mercado a ser atendido, em relação à capacidade instalada de uma empresa, ao mercado consumidor existente, à mão de obra prevista, às necessidades de equipamentos e diversas outras questões fundamentais em um trabalho de planejamento.

Aos gestores, investidores e financiadores do projeto, o estudo de viabilidade irá identificar o retorno sobre o investimento, o prazo de payback, ou seja, o momento em que o investimento feito é compensado pelos resultados obtidos, além de dar uma visão assertiva quanto à exposição máxima de caixa requerida pelo projeto. 

O ato de projetar acontecimentos futuros consiste em estimar variáveis incertas, sejam elas operacionais, de mercado, referentes a aceitação de produtos, dinâmica de preços, custos de operação, cotações, inflação, taxas de juros e diversas outras premissas previsíveis, porém impossíveis de serem supostas com total certeza. 

O estudo de viabilidade permitirá ainda que as reações no negócio a aspectos fora de controle (mercado) possam ser previamente simuladas e, assim, os riscos inerentes a tais variações possam ser mitigados com antecedência, dando mais segurança à execução do projeto. 

Na Tendências Consultoria Integrada, utilizamos expectativas de mercado amplamente desenvolvidas e constantemente aperfeiçoadas por nossos especialistas, combinadas com um trabalho preciso da nossa equipe de Finanças Corporativas, que irá entender as variáveis do projeto a fim de assegurar um estudo de viabilidade competente, preciso e assertivo, oferecendo aos interessados melhor previsibilidade em decisões de investimento. Fale com a nossa equipe e conheça nossas soluções. 

Acesse todos os serviços e produtos

Faça seu login