Ser Educacional utiliza laudo da Tendências no caso Laureate-Ânima

Recentemente, conforme amplamente divulgado pela mídia especializada[1], a Tendências foi contratada pela Ser Educacional para elaborar uma análise técnica em torno do caso de compra dos ativos brasileiros do grupo norte-americano Laureate, dono das universidades FMU e Anhembi Morumbi.

Por meio do laudo, que se encontra disponível no site do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), a Ser buscou mostrar que a concorrente Ânima Educação possui contingências financeiras para concretizar sua oferta. Segundo explicitado pela Tendências no documento, a existência de tais contingências desenquadraria a proposta dos termos do contrato entre as partes, pois a obtenção dos recursos nessas condições é incerta.

Ainda que o juiz tenha decidido por não manter a liminar que interrompeu as negociações entre Laureate e Ânima, a discussão continua. Nesta sexta-feira (30 de outubro), foi noticiado que a Ser Educacional deve desistir da aquisição dos ativos e chegar a um acordo com a Ânima, o que resultará na retirada do processo arbitral contra a Laureate.

A equipe da Tendências segue acompanhando e coloca-se à disposição para auxiliar seus clientes com demandas como essa, envolvendo análises para contenciosos e litígios privados nacionais e internacionais.

 

 

[1] Coluna do Broadcast do jornal O Estado de São Paulo publicada em 27/10/2020 (disponível em: https://economia.estadao.com.br/blogs/coluna-do-broad/ser-se-mude-de-laudo-de-gustavo-loyola-em-caso-com-laureate/) e matéria de Beth Koike publicada pelo jornal Valor Econômico na mesma data (disponível em: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2020/10/27/ser-volta-a-justica-para-tentar-barrar-venda-da-laureate.ghtml).

Acesse todos os serviços e produtos

Faça seu login