E-mail:    Senha:     
 

   Languages 

 

Crise joga 3 milhões de famílias da Classe C de volta à base da pirâmide


Matéria publicada no jornal O Estado de S. Paulo, em 1º de novembro, destaca a análise da Tendências sobre o impacto da crise na renda das famílias e na mobilidade de classes.


A reportagem de Marcia de Chiara e Carolina Papp aponta que a recessão derrubou parte da nova classe média, a população da classe C, para a base da pirâmide social. Entre 2006 e 2012, no boom do consumo, 3,3 milhões de famílias subiram um degrau, das classes D/E para a classe C, segundo um estudo da Tendências Consultoria Integrada. Eles começaram a ter acesso a produtos e serviços que antes não cabiam no seu bolso, como plano de saúde, ensino superior e carro zero. Agora, afetadas pelo aumento do desemprego e da inflação, essas famílias começam a fazer o caminho de volta.

 

Confira nos links abaixo a versão on-line das matérias relacionadas:

Crise joga 3 milhões de famílias da Classe C de volta à base da pirâmide

Consumo não deve puxar a retomada

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rua Estados Unidos, 498 - Jardins - São Paulo/SP - CEP 01427-000 - Telefone +55 (11) 3052-3311